×
Quando iniciar o tratamento ortodôntico em crianças?

Quando iniciar o tratamento ortodôntico em crianças?

  • 22 de Outubro de 2019

Para saber se o seu filho precisa usar aparelho, observe os dentinhos conforme eles forem nascendo: se estão alinhados, se a mandíbula está se desenvolvendo normalmente.

É claro que essa análise não substitui a avaliação de um profissional, mas pode dar uma boa dica sobre como proceder.

Assim como nos tratamentos para adultos, para as crianças o tipo de aparelho pode variar de acordo com o problema ortodôntico identificado.

Os problemas ortodônticos mais comuns em crianças são:

- Apinhamento: excesso de dentes e uma base óssea pequena;

- Biprotrusão: condição em que o paciente apresenta os dentes das duas arcadas projetados para frente. Entre as queixas mais comuns das pessoas que têm uma biprotrusão, estão o perfil “bicudo” e a dificuldade de manter os lábios fechados.

- Espaços (diademas): quando existe espaço entre os dentes, facilitando o acúmulo de alimentos, que podem causar problemas na gengiva, cáries, além de afetar a aparência;

- Mordida aberta: quando os dentes da maxila e da mandíbula não se encontram.

Sendo assim, o uso do aparelho em crianças e adolescentes não só é possível, como é indicado para evitar transtornos no futuro.

Ficou com dúvidas, ou quer fazer uma avaliação com o seu filho? Agende conosco!